Saint Seiya Legend Force


 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Top 30
Top30 Brasil - Vote neste site!
Ranking Top30
Parceiros

Compartilhe | 
 

 Ficha de Lawite

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Lawite de Scorpio
Cavaleiro de Ouro
Cavaleiro de Ouro
avatar

Mensagens : 14
Data de inscrição : 08/02/2014

Dados Do Player
Vida Vida:
920/920  (920/920)
Cosmo Cosmo:
0/0  (0/0)

MensagemAssunto: Ficha de Lawite   Sab Fev 08, 2014 8:18 pm

Nome:
Idade:
Estado:
Skype/Facebook:  Jean Lawite(skype)


Dados do Personagem


Nome do Personagem: Edward Lawite
Idade: 20
Sexo: masculino
Nacionalidade: Russo
Local de Treinamento: Deserto branco
Armadura: Armadura de ouro de Escorpião

Características Físicas:Cabelos negros quanto a noite mais densa e longos, indo até a parte inferior de sua costa, pele pálida e branca como a neve, Olhos vermelhos escuros, mais proporciona um tipo de brilho que atrai muito a atenção, tendo um belo rosto. Seu corpo é bem definido e musculoso, mais ele não é tão alto, não passando de 1,80 m.  Com cicatrizes em algumas partes do corpo, que  demonstra uma certa experiência em batalhas, sendo a maioria alguns cortes de leve pela barriga.

Características Psicológicas: Lawite é bastante atormentado por seu passado, não conseguindo aceitar muitos fardos a qual é obrigado a carregar. Sofrendo de múltiplas personalidades, difícil mente se mantém instável , Com uma mente apurada, sempre é muito calculista, repara nos mínimos detalhes, mais o que mais aprecia é a carnificina, a matança. Sua loucura as vezes ultrapassa os limites, não conseguindo ser um indevido normal, sempre com suas paranoias, com tons insano, ele não se importa com mais ninguém, mais isso se deriva aos acontecimentos passados a qual o feriram gravemente e até hoje não se curou. Vivendo nos limites, da pra notar que Lawite tem vários tons suicida. E que não é de seu agrado perde, de forma alguma, muito menos deixar seus inimigos com vida,sua personalidade é muito orgulhosa também, não aceitando derrota como tido e também não aceitando ordens de ninguém, apenas algumas pessoas tem essa honra.

História: Lawite nasceu na Rússia, na Sibéria, aonde as pressas teve de a abandonar, após ser atacada por algo desconhecido, e sua mãe por temor a vida de seu filho, pegou ele e foi para o deserto branco, aonde tentaram sobreviver, até seu marido chegar para irem a suíça. Um local aonde consideravam o paraíso, aonde eles poderia ser felizes, mais seu marido morreu decapitado em uma revolta da população, e por ser militar automaticamente o exercito foi procura-los para auxiliar com tudo que precisavam, mais não o acharam, nunca mais ouviram se falar deles, mas não foi por isso que morreram, eles na verdade sobreviveram por La por mais ou menos três anos, aonde uma fera desconhecida os pegou, e multi-Lou sua mãe toda, deixando a sua cabeça apenas, a qual Lawite ficou uma semana olhando para mesma, chorando direto e irritado, sua compreensão começou a ficar mais evoluída, conseguindo adquirir mais inteligência sozinho, e uma vez se lembrou de algo que viu quando pequeno, era um modo que utilizavam para despedir de seus mortos. Assim, enterrou a cabeça de sua mãe, e logo mais foi embora de La, aonde só lhe trouxe dor, assim começou a viver sozinho pelo mundo, em busca do paraíso de seus pais, a suíça.  Pela Rússia Lawite teve de viver sozinho, por mais de 6 anos, aonde conheceu no meio da desgraça um homem, que devia ter La por seus 40 anos, e ele era amigo de seu pai, e cada dia juntos era uma aventura e historias, sendo cada dia único, Lawite até pode começar a se sentir feliz, tendo vários dias de luta e de gloria, se tornando um verdadeiro guerreiro, mas sempre trouxe traços de personalidade densa e mal, peregrinado a Rússia, eles se aventuraram em cada lugar inusitado, tento como última passagem aonde se preparam para ir pra china a Sibéria, La eles tiveram que roubar um cargueiro, tendo muita dificuldades, e por mais novo que Lawite fosse ele gostou, e começou a trazer preocupações a Dion, amigo de seu pai e seu mentor, pós várias indicações sugeria que Lawite tem fortes traços psicopata   e sociopata, deixando sempre um ar de duvida, mais faltando apenas alguns dias para partirem, conheceram uma menina da idade de Lawite, a qual se encantou por ele, e vivia da mesma condição deles, tendo de viver de roubos e trapaças, mas ela não se orgulhava disso e sempre era deprimida por seu passado, após ser abandonada pelos pais que estavam para morrer, por dividas. Lawite sempre gostou do que fazia, pós se sentia vivo. No caminho da china, eles tiveram sérios problemas com guardas, e Lawite teve um sério ferimento em baixo de seu peito, aonde não aguentou e foi abatido, mais dois dias depois ele acordou, em uma prisão ele se desesperou, e por ter apenas 10 anos ele não compreendia muito o que as outras pessoas faziam, logo aprendendo muito mais sobre o submundo e o males da terra, sempre a achando um grande desperdício, começou a odiar os humanos em sua volta, e na prisão se tornou o um animal após matar vários indivíduos que lhe causou problemas, e liderando uma revolução aonde atirou fogo na prisão toda, matando várias pessoas, e se juntando aos grandões do crime, teve destaque por seus brutais assassinos, e seu gosto pessoal por tortura, adorando a cada tortura que fazia, prolongando a dor, e começando a matar milhares de gente. Logo também começou a fazer partes de rituais estranhos, a qual aprendeu pela china,  e gora comia a carne de seu inimigo, bebia seu sangue, e fazia muitas dessas coisas com ele vivo olhando. Muitos falavam que ele era possuído por demônios e virou um vampiro, por sugar todo o sangue de seus inimigos.
Anos depois ele caçou e matou todos os seus chefes e os grandões do crime da china, simplesmente do nada, se tornando alguém importante para todo o mundo, simplesmente crescendo do nada. Alguns anos mais tarde se encontrou com Dion, a qual ficou um pouco decepcionado com suas atitudes, mais tentou esquece, mais Lawite a cada dia ficava mais maluco, e não conseguia distingui certas coisas da realidade e irrealidade, tento vários surtos, e ao reencontra com Anne, a garota de sua infância, ele começou a se torna mais humano, e logo começaram a namorar, saindo da China foram para Noruega, aonde se divertiram e Lawite pode deixar sua vida criminosa de lado, mais seu passado sempre lhe perseguiu, tendo que certa vez matar várias pessoas para manter sua descrição começando a ser manipulado, mais em seguida manipulou a pessoa a qual o manipulava e a matou, a torturando muito bem antes disso. Mas ao voltar a sua antiga vida, ele se deparou com sua esposa o traindo e toda machucada, com grandes ferimentos, ela arrependida pediu perdão a ele, e o mesmo aceitou, sendo que era tudo uma farsa, pós matou seu amante, e obrigou ela se matar, após se alto torturar, morrendo e uma das piores formas possíveis. Mais tarde seu mestre o desafiou, o considerando uma ameaça extrema, a humanidade, mais ele pouco se importou e o matou, arrancando seu coração fora e o comendo em quanto ele ainda estava vivo.  Começando a ficar louco e na beira do precipício em sua vida ele começou a tentar se matar, e nunca conseguiu, algo sempre o impedia, até que no dia em que ia se matar por vez, enfiando uma espada em seu coração e pulando do penhasco mais alto da china, ele conheceu uma chinesa muito bela a qual o salvou e lhe trouxe luz. Ela era uma professora, simples e humilde, se formou em filosofia, e sempre o animava com suas palavras doces e sabias. E o eu principal lema era ‘’ Em todas trevas há luz, e vise-versa, pós uma sempre precisará a outra, as vezes só depende da gente a decisão de qual seguir’’. Lawite a engravidou, e começaram a procurar uma casa e um belo lugar a qual morar, até que ele redespertou a ideia de ir para seu antigo paraíso.  A suíça. Indo para La cruzou a Rússia, e peregrinaram boa parte dela, e Lawite pode sentir que agora ele estava realmente vivo, pós o amor foi a melhor sensação a qual ele já presenciou, mais agora algo parecia o incomodar, como se alguma coisa muito ruim estivesse por vir, e isso infelizmente aconteceu, e foi inevitável. Antes de chegar na suíça, sua esposa foi brutalmente morta assim perdendo o bebe e sua vida. Lawite nunca pode se perdoar por deixar tal coisa acontecer, e sei lado mais sombrio, aquele a qual ele nunca deixou aparecer o dominou. Lawite estava estranho, as vezes era uma pessoa as vezes outra, e as vezes nem se lembrava de algumas coisas que fazia em quanto estava sofrendo de múltiplas personalidades, tendo quatro ao total. Cada uma era pior do que a outra, e ele parecia incomodado com isso mais tentou não ligar, priorizando outras coisas no momento como sua vingança. Após descobrir quem era, ele o caçou até os ‘’COFINS do inferno’’, e o estraçalhou, sugou seu sangue, o torturou, o fez implorar pela morte, e ele não a concedeu, deixou ele sofrendo por 9 meses, que seria como se fosse os meses que seu filho demoraria a nascer no total. E após o matar, matou todos que ele conhecia. Assim virando uma pessoa com mais nenhum objetivo e uma vida frustrada, ele foi para a Inglaterra, aonde comprou uma mansão com seu dinheiro, e foi tentar viver por lar, mas o que ele mais queria a cada dia era se matar, e todos tentava, mais nunca conseguia. Em uma noite fria ele conheceu um ser estranho, muito habilidoso e forte, ele trouxe a Lawite um novo mundo, algo a qual poucos sabiam, que era sobre os deuses gregos e seus guerreiros e por ai vai.  Lawite não se interessou muito no começo, mais logo gostou dos modos em que batalhavam e seus poderes, assim começou a ser treinando. E tempos depois fez amizade com alguns cavaleiros de hades, que ficavam na terra. Depois de um certo tempo, o cavaleiro a qual treinava Lawite revelou ser seu irmão mais velho, e lhe contou muitas coisas ocultas de seu passado, e ele sempre apoiou Lawite em tudo, diferente de muitos, mais também poderia ser por ter traços sociopatas  como e Lawite. Em alguns anos Lawite já era bem mais forte e pouco se importava com os humanos, cada vez mais distante do mundo humano e mais perto do submundo. Até que seu irmão em uma feroz batalha contra um cavaleiro de ouro perdeu, e quase morrendo ele pediu para Lawite que lhe matasse, para poupar essa tamanha dor que sentia. Lawite fez algo a qual nunca mais se esqueceu, contando todos os atos de maldades já cometidas e seus brutais ataques, ele sempre pode carregar esse fardo e nunca se importando, mais agora algo lhe trouxe novamente sentimentos, e os sentimentos a qual ele bloqueou por muito tempo, mais sua única saída foi se entregar a o seu verdadeiro ser, voltando a ser aquele demônio que andava pelo mundo humano, causando destruição e maldades por onde passa, agora Lawite só tinha um único objetivo, matar tal cavaleiro. E da forma mais inusitada possível, trazendo assim sua satisfação mais após isso ele só não sabia o que mais fazer  só que ele seguiu o lema de sua falecida esposa, o amanha e um mistério e o hoje, e o momento, apenas não deixe o momento passar como o vento que vaga a terra. Lawite se arrumou e partiu para Irlanda.

Em uma fria e horrível viagem, Lawite foi da Inglaterra até a Irlanda, aonde saiba que encontraria tal cavaleiro que matou seu irmão, se hospedava em um hotel toda noite, e na saída matava todos, ele não podia andar e ver uma pessoa sem querer matar, e por muitos dias em sua viagem ele perdeu a sua memória, sabendo então que suas múltiplas personalidades estavam ativas o tomando, mais ele no fundo até gostava, todos que o conheciam poderia falar isso, ele no fundo amava, como também amava fazer tudo que está fazendo, pós esse e seu motivo de viver. Ao chegar na Irlanda ele só pode pensar em como chamar a atenção do cavaleiro, assim ele destruiu igrejas queimou casas, e matou os entes queridos dele. Lawite mais do que forçou a barra, mais ele não se importava, ele apenas queria se vingar, e morrer fazendo isso, para ele honra maior não teria. Com uma espada, apenas uma espada, e uma pistola com uma bala ele foi a luta contra o cavaleiro, a qual antes de chegar já vinha rindo, e Lawite nesse momento teve um surto de risos, e o cavaleiro com lagrimas em seus olhos não pode o perdoar, partindo para cima dele, e com socos no estomago, chutes e alguns golpes que fazia com seu cosmo, feriu cada vez mais Lawite, que também o cortava, mais sua armadura de ouro o protegia, e suas habilidades eram muito maior, Lawite mal pode o ferir. A não ser na hora em que estava para receber um golpe fatal, ele nesse momento disparou na cara de seu oponente a qual perdeu seu olho esquerdo. E gravemente ferido quase morreu, mais sua deusa Atena o consolou e lhe deu força para persevera, mais ele não podia matar Lawite, pós ele tinha que proteger os humanos, não os matar, e sempre que tinha a chance chorava e parava, e isso só atentou Lawite, que fez de tudo para ele o matar, até que uma hora ele o matou, e Lawite não pode dizer ao certo o que havia sentido, pós ele só viu algo atravessar seu pescoço, mais não sentiu, e ele ficou perplexo, e ao mesmo tempo, feliz, pós honra maior não teria se morresse fazendo isso, e além disso ele corrompeu o cavaleiro, trouxe seu lado mal átona, assim começou a rir que nem um maluco, coisa que é. Isso só irritou o cavaleiro que ficou bestificado com o que acabou de fazer, não conseguindo se perdoar, mais Lawite antes de morrer caiu em um tipo de sono, a qual reviu sua vida toda, cada momento, de angustia e felicidade, e isso só lhe trouxe forças para sobreviver, mais em um momento ele se perdeu em sua própria mente, tendo um surto  de personalidade, a qual se viu quatro de si, contando com ele. E todos tinha um modo de pensar e agir, mais cada um era seu lado a qual ele não tinha coragem se ser, ou não gostava. Tendo dois lados ruins e um bom, sendo que o verdadeiro era um pouco de cada um, mas isso confundia muito, não o deixando pensar, até que suas únicas soluções era lutar entre si, assim em sua mente ele lutou contra si próprio para tentar deixar ele ser ele mesmo, e ninguém mais, e o ganhador teria posse do corpo. No final das contas ele ganhou, mais a cada golpe que cada um fazia no outro, era como se todos sentiam, e ele só ganhou por conseguir resistir mais, só que isso não era algo a qual se orgulhava. Em algo que parecia ser um outro sonho dentro de um sonho, ele encontrou uma mulher, a qual já havia visto antes, mais apenas de relance, não se lembrando ao certo quem ela era. Uma mulher linda, de cabelos roxos,  um vestido longo, carregando um colar bem peculiar, ela se apresentou como Pandora, Lawite agora sabia muito bem que era, e com suas maluquices ficou conversando com ela, e em algum momento da conversa, que era principalmente sobre seu irmão, ela lhe disse que ele era destinado a ser o próximo cavaleiro da antiga armadura de seu irmão, e o outro lado do sujeito a qual ele acabará de ‘’morrer’’. Lawite não se achou muito digno e recusou, mas ela conseguiu o convencer. E aceitando ele viu uma caixa bem estranha, e suas instruções era de abri-la e vestir o que havia dentro. Não gostando muito teimou com Pandora, dizendo que não gostava de receber ordens, e começaram a discutir, mais no final ela chateada falou para ele fizer o que bem entender, só que ele pegou a armadura e vestiu ela, e admirando ela ele acordou vestido com ela. Logo mais a frente ele viu o cavaleiro que estava enlouquecido por o  que fez. Lawite todo maluco, foi correndo e pulando em quanto catava uma musica bem bizarra que havia escutado certa vez, e o cavaleiro bestificado só virou para traz e viu Lawite vindo com a mesma armadura que a sua, mais a forma negativa dela, o seu lado obscuro, Lawite com a parte de sua unha envenenada com veneno de escorpião, perfurou seu peito, em quanto ria e cantava uma musica infantil agora. Em seguida deu um puta de um bigo em sua cara, a qual quebrou o nariz dele, e em seguida pulando em cima dele o encheu de porrada, mas o cavaleiro havia conseguido entender o que havia acontecido e se concentrar na luta novamente, assim jogou Lawite para longe dando um chute em seus peitos. Se levantando rápido  partiu para cima dele, e Lawite fingiu estar com medo e no ultimo momento se esquivou agachando e o empurrando na barriga para cima, com o cotovelo fazendo ele cair atrás de Lawite e logo começou a chutar sua cara,o cavaleiro ficou sem reação por alguns momentos, sendo que logo mais retornou a atacar Lawite, mais desta vez não conseguiu, algo fez com que seu corpo começasse a paralisar, e Lawite rindo viu seu inimigo cair no chão, e ter um infarto, mas ainda vivo, Lawite começou a tortura-lo, arrancando seu olho direito, cortando sua boca, arrancando seus dentes, sua pele, quebrando seus ossos, e arrancando seus membros, comendo sua carne e alguns órgãos, Lawite agora estava mais do que feliz, estava em pura estase, logo mais pegou se crânio e se serviu de uma ótima dose de vodka de sua terra natal, a qual fazia a melhor, e bebeu-a no crânio de seu inimigo, e em quanto bebia viu Pandora surgir de um nevoeiro que trazia consigo a chuva. Pandora explicou para Lawite tudo que devia, falando sobre as doze casas de Atenas, seus cavaleiros, falando sobre o submundo, os espectros, os juízes, e lhe falou tudo, tudo, mesmo, e falou que o que ele fez, foi algo pequeno, que ele pode fazer muito mais, e ela pode lhe dar esse mais, era só ele servir hades e a ela. Lawite não aceitou, pós por tudo assim, ele sabia que Pandora meio que havia armado tudo aquilo, ela não precisava mais de seu irmão, e tinha que fazer uma queima de arquivos, com isso tudo ele apenas recusou, e foi em direção ao cavaleiro de ouro, a qual agora se sentia um pouco culpado e algumas lagrimas caíram de seus olhos, sendo que a primeira foi de seu olho esquerdo, a qual representava dor e tristeza. Revoltado, se virou para Pandora, e a mandou fugir, ele então ficou a encarando e queimando seu cosmo, ela então sumiu do local. Por outro lado, athena apareceu, e achou um ato de bravura, e por precisar de um cavaleiro, ela lhe deu uma proposta, de a servir, e um dia poder consumar sua vingança, mais prometeu que iria tirar esses pensamentos de sua mente. Lawite se sentiu reconfortado, algo de bom pairava no local, assim esqueceu tudo a qual já fez de mal, apenas se relembrando de boas memorias, ele aceitou, mais falou várias coisas sobre ele, e ela algumas sobre a mesma, e no final mencionou que já sabia de tudo sobre ele, e saberia lhe dar com tal pessoa como cavaleiro de escorpião.


Habilidades do Personagem


Nome da Habilidade: per ascensum Scorpionis coccino
Descrição: Na potência normal, Lawite usa somente para contra-atacar,  mais no entanto que suas mãos estejam livres, para levanta-las e cruzar uma mão com a outra, assim concentrando poder, na velocidade mais rápida possível lança várias agulhas, bem finas e cada uma, acertas pontos específicos, do sistema nervoso, para então imobilizar o oponente, mais em quanto as agulhas sai a concentra são de Lawite está bem atenta em realizar o golpe, podendo o inimigo contra atacar, mais a poucas chances de Lawite não perceber e ter que parar o golpe. Na potencia máxima, pode se realizar tanto como contra-ataque, e ataque, pós ela é em uma potencia muito alta mesmo, necessitado se concentra por 7 segundos, meditando, aonde fica com uma aura vermelha em volta do corpo. Em seguida botando ambas as mãos perto da cintura, Lawite vai jogando seu corpo um pouco para trais, e sem olhar por oponente, apenas sentido seu cosmo, joga seu corpo para frente, na direção do oponente, aonde joga uma rajada tão densa, que parece um raio vermelho atingindo o inimigo, pós além de muitas agulhas serem lançadas,  a maioria mira no coração, cabeça e pontos vitais, a minoria mira em qualquer parte do oponente. A força e tão forte que vai lançando o oponente para trás, ou o derruba, além de que contem uma grande parte do veneno brutal do escorpião. Uma das principais desvantagens dessa técnica, é que a concentração de Lawite está muito alta, praticamente não ver mais nada, a não ser o oponente, e após está técnica, não pode realizar nenhum ataque durante o próximo post, apenas defesa, e também só poderá usar essa técnica novamente após 3 post
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Reika Shimohira
Pandora
Pandora
avatar

Mensagens : 10
Data de inscrição : 20/01/2014

Dados Do Player
Vida Vida:
920/920  (920/920)
Cosmo Cosmo:
850/850  (850/850)

MensagemAssunto: Re: Ficha de Lawite   Sab Fev 08, 2014 8:27 pm

APP
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Ficha de Lawite
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [Ficha] - Sora D. Pierre
» Ficha - Lord Lucario
» ~ Como Atualizar sua Ficha ~
» [Ficha] Ryujin
» FICHA Aurora

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Saint Seiya Legend Force :: Lixeira-
Ir para: