Saint Seiya Legend Force


 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
Top 30
Top30 Brasil - Vote neste site!
Ranking Top30
Parceiros

Compartilhe | 
 

 [Player] - Dragão Marinho

Ir em baixo 
AutorMensagem
Jim Morrison
General Marina
General Marina
avatar

Mensagens : 13
Data de inscrição : 22/01/2014
Idade : 21
Localização : Rio de Janeiro

Dados Do Player
Vida Vida:
920/920  (920/920)
Cosmo Cosmo:
920/920  (920/920)

MensagemAssunto: [Player] - Dragão Marinho   Qua Jan 22, 2014 4:19 pm




Dados do Personagem


Nome do Personagem: Helmut H. Wörns
Idade: 27 anos
Sexo: M
Nacionalidade: Alemã
Local de Treinamento: Atlântida
Vestimenta: Escama de Dragão Marinho

Perfil físico:
Helmut é um homem de porte atlético, de braços e pernas definidas. O alemão pesa 87 quilogramas, que são bem distribuídas em seu corpo, tendo um balanceamento e um semblante um tanto normal, enquanto sua altura é de 1,88, se tornando até um guerreiro alto para um os 'padrões'. Tem uma tonalidade de pele viva, sendo um atributo de distintos alemães. Ele apresenta um grande cabelo azulado, de mechas com caráter japonês. Além de ter olhos da mesma cor de seu cabelo, no entanto, são mais "vivos". Tem uma boca fina, de lábios não tão rosados, e um nariz normal. Costuma utilizar vestes tradicionais a cada ocasião, variando de ternos às armaduras de treinos - similares as dos aprendizes do santuário -.

Psicológico:
Sério, direto, frio, astuto. São as principais características de um cavaleiro de sua patente, no entanto, é o único que há essa combinação de caráter. No planeta, não há outro semelhante a ele. Helmut é capaz de eliminar até mesmos seus companheiros, unicamente servindo ao seu senhor - Poseidon -.  Para alguns, pode ser considerado apenas um cão do imperador oceânico, porém, para outros é o militar adequado para combater os esquadrões mais fortes e impetuosos. Com um aspecto de um verdadeiro combatente, ele não é o homem que se almeja encontrar em um beco escurecido, ou uma viela. Entretanto, em sua vida antes de ser um general, sempre foi cuidadoso com a vida de seu irmão caçula, pois quase entregou sua alma para Hades, quando o próprio lhe prometeu que seu irmão viveria, no entanto, voltou atrás graças as palavras do senhor dos mares, ao convencê-lo que o deus ctônico iria enganá-lo, assim, criando um ódio contra todos os outros deuses, respeitando apenas Poseidon.

História:

No ano de 1496, nascia o primeiro filho da família Wörns, uma família de classe média que morava na cidade-estado alemã; Hamburgo. O primogênito nasceu sobre a constelação de Gêmeos, por ter nascido no dia 27 de Maio. Logo foi dado como um futuro combatente do exército germânico, pois vinha de uma família de guerreiros coroados por seus feitos em batalhas, principalmente na Guerra dos Cem Anos. Helmut, assim foi chamado por seus pais, logo se tornou uma criança notável, tendo uma grande inteligência, comparada com os mais gênios do século XV. Porém, o interesse do pequeno, foi pela esgrima, um combate com espadas.  Assim, ligeiramente se tornou um verdadeiro adepto às diversas artes de luta. Aos seis anos de idade, dava início a sua paixão por esgrima. E no ano de 1503, aos sete anos, tornou-se um campeão Junior de esgrima, e ganhou um presente maior do que as riquezas do tempo. Ele recebeu um irmão. Este seria a pessoa com quem o jovem mais iria se preocupar, e logo, se identificar. A cada vez que ele foi crescendo, foi acompanhando o desenvolvimento do caçula, que rapidamente parecia seguir os passos que o próprio tinha feito na mesma idade.

Quando enfim, atingiu seus 14 anos de vida, o prodígio alemão viajou até o Japão. Lá, ele aprendeu as técnicas utilizadas pelos guerreiros japoneses, conhecidos como Samurais. Suas habilidades eram mais do que místicas, chamou bastante a atenção de Helmut, que imediatamente, melhorou em sua habilidade de esgrima. Além, de estudar a lutar sem qualquer auxilio de armas, assim, aprendeu o Jujutsu, um modo de batalha, que utiliza golpes para dominar seu oponente. O guerreiro chamou atenção de muitos, até mesmos dos seres considerados imortais.

Em sua estadia tranquila, ele recebeu uma visita de uma jovem de ascendência alemã. Por um momento, ele pensou que fosse alguém ligado a sua família, porém, era apenas uma desconhecida, e que o próprio teve dúvidas, entretanto, ouviu a proposta que ela tinha para oferecer. Mas antes, se autodenominou irmã mais velha de Hades, e que seria a pessoa que reuniria leias servos ao Deus ctônico. Helmut achou uma proposta vantajosa, porém, se viu em uma decisão importante, pois, poderia nunca mais ver seu irmão, e de inicio, recusou, no entanto, Pandora lhe ofereceu um tempo para que pudesse re-pensar sua resposta.

Em 2 de Janeiro, do ano seguinte, o jovem Helmut retornava a Hamburgo. O próprio conhecia o local aonde iria procurar por Pandora, para que pudesse finalmente dá sua resposta, mas, o mesmo sabia que deveria ser rápido, pois, estaria 'negociando' com indivíduos que possuíam poderes além de sua imaginação. Não se poderia brincar com as vontades divinas. Com o tempo, foi pensando, e seu irmão, começou a ficar doente. Isso foi muito alarmante para Helmut, que não sabia como curá-lo. Diante do extenso riacho que possuía próximo das moradas da família Wörns. Ele ajoelhou-se e começou a rezar, pedindo aos deuses, que salvassem a vida de seu irmão. Pandora sentiu a manifestação cósmica do guerreiro. Porém, outra entidade, foi até mais rápido.

Pandora aparecia no outro lado do riacho, e começou a perguntar, de qual seria a decisão de Helmut. Com dúvidas, ele olhou para a água, e a viu ficar tensa, mais do que o aparentava. Dali saiu um homem carregando consigo um tridente. Logo a serva de Hades, conhecia tal ser que surgia da água. Ele disse que Pandora não estava interessada em salvar seu irmão de bom grado, que Helmut teria que pagar com sua própria vida, para depois, ela matá-lo, cumprindo o desejo do destino. A imperatriz considerou tudo aquilo uma calúnia. Poseidon logo respondeu desferindo seus golpes cósmicos. Pandora esquivou-se e desapareceu diante dos olhos de ambos. O imperador marítimo revelou-se para Helmut, e lhe explicou o motivo de sua presença, logo ele, que era uma divindade acima dos deuses normais, mas, que não possuía ainda um corpo e que não poderia reunir seus generais marinas. Helmut entendeu os objetivos de Poseidon, e rapidamente pediu para se tornar um dos seus marinas, e foi imediatamente aprovado pelo o Deus. Contudo, ele só pediu que o deus fizesse algo a respeito contra a doença de seu irmão. Poseidon sorriu e apenas balançou seu tridente, assim, curando a doença terrível que o menino estava sofrendo, que apenas uma noite de descanso, o faria melhorar. Helmut pediu apenas um tempo para que pudesse absorver tudo aquilo, e assim, iria de imediato ao encontro a Poseidon.

1512 foi o ano em que Helmut deixou sua família e partiu em direção a Atlântida. Por uma passagem criada por Poseidon, o alemão chegou rápido até o templo marítimo. Ao subir as escadarias que antecedia o santuário, ele olhou enormes pilares em cada canto, além da água, que tinha se tornado 'o céu'. Ele foi descendo e aproximando-se do templo, onde residia o imperador. Helmut atravessou as portas e ao ultrapassar o extenso corredor, viu as 7 escamas, e mais uma outra, que possuía um tridente. Ele logo entendeu que a principal era a de Poseidon. Ele olhou as outras, mas, somente uma lhe chamou toda a atenção. Ela era a de Dragão Marinho, que possuía um longo pescoço em sua forma normal. Porém, o jovem alemão sabia que ainda era fraco para assumir quaisquer armaduras, e logo, saiu para ficar mais forte. Porém, antes que atingisse o primeiro degrau, a cosmo-energia de Poseidon manifestou-se. O imperador marítimo rapidamente afirmou que Helmut precisaria liberar o poder adormecido, assim, conseguirá controlar a essência do cosmo.

Cinco anos se passaram, e Helmut manteve-se concentrado diante da estatua de Poseidon. Ele conseguia muito bem manipular a água, graças aos ensinamentos de Poseidon. Porém, havia outra coisa que lhe faltava, uma coisa que ganhou ao nascer sobre a constelação de Gêmeos. A vontade do imperador dos mares fez com que seu futuro marina, conseguisse desenvolver um espaço-tempo, e então, criando-o a sua maneira, podendo destorcê-lo e torturar quem estiver dentro de sua zona dimensional. Além que conseguia manipular a cabeça de seus oponentes, utilizando o ilusionismo. Deixando seus poderes dimensionais mais autênticos. Com o tempo, foi usando seus poderes, para lhe ajudar em seus combates, tendo vantagens contra guerreiros inferiores, no entanto, ainda tinha suas outras habilidades para se sobressair vitorioso contra seus adversários. Finalmente ele assumiu seu novo posto como um General, liderando as forças inferiores do exercito marítimo, além de ficar encarregado de procurar novos guerreiros para combater em favor aos objetivos de Poseidon.



Habilidades do Personagem


Nome: World of Helmut
Descrição: Sua habilidade o permite transitar facilmente por sua dimensão, como se estivesse atravessando-a para atingir um local distante, além de lançar seus oponentes ou/e aliados para dentro dos limites dimensionais. Assim, ele pode moldá-la da forma que desejar, além de deixá-la de uma forma realista, graças aos seus poderes iluministas. Não há limites para a imaginação dentro do "mundo de Helmut".

Nome: Illusionismus
Descrição: Tal habilidade faz com que o marina possa desenvolver ilusões aos seus adversários, como se eles permanecessem na própria realidade. Os graus destas alucinações são extraordinariamente elevados, que podem reproduzir perfeitamente até uma localidade que o cavaleiro um dia já cruzou, ou habitou. Além disso, inventar sujeitos, anomalias, com traços idênticos aos da vida real, contudo, dependeria da imaginação do próprio general, por caso que ele perdesse o enfoco, iria desestabilizar a dimensão e as imitações humanas.

Nome: Manipulation von Wasser
Descrição: É a habilidade que o marina utiliza para manipular a água presente - mesmo que esteja em seu estado sólido, líquido ou gasoso - a seu favor. Ele pode moldá-la da forma que quiser criar águas cheias de pressão, cortar componentes com a água como se fosse uma lâmina afiada, sobrepujar a umidade e até poder gerar altas marés, ondas e tsunamis, além envolver pessoas em paredes de água ou/e chegar a afogá-las (ficando a critério do narrador).  
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jim Morrison
General Marina
General Marina
avatar

Mensagens : 13
Data de inscrição : 22/01/2014
Idade : 21
Localização : Rio de Janeiro

Dados Do Player
Vida Vida:
920/920  (920/920)
Cosmo Cosmo:
920/920  (920/920)

MensagemAssunto: Re: [Player] - Dragão Marinho   Dom Jan 26, 2014 7:28 am

Ficha finalizada e pronta para ser avaliada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Magnos De Aquário
Cavaleiro de Ouro
Cavaleiro de Ouro
avatar

Mensagens : 57
Data de inscrição : 09/12/2013
Idade : 19
Localização : São Paulo

Dados Do Player
Vida Vida:
920/920  (920/920)
Cosmo Cosmo:
850/850  (850/850)

MensagemAssunto: Re: [Player] - Dragão Marinho   Dom Jan 26, 2014 1:50 pm

Ficha Aprovada
e.e vai ser apelão lá nos quinto dos Inferno, maluco .

Habilidades Aprovadas


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://sslf.forumeiros.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [Player] - Dragão Marinho   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[Player] - Dragão Marinho
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Dragão Marinho
» Dungeons em Dragons(Caverna do Dragão) Ultimo Episódio
» Guia básico de Dragão
» Capítulo 8 - Sorvete de Sal Marinho
» Dragão Azul-Claro

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Saint Seiya Legend Force :: Lixeira-
Ir para: